09 dezembro, 2011

As vezes me sinto sozinho...

   Não sou muito dessas pessoas que gostam de expressar seus sentimentos, nesse sentido sou meio reservado, mas decidi fazer um pequeno texto de reflexão minha que estou publicando aqui no blog por achar que possa ajudar outras pessoas que estão na mesma situação que eu.

                                                        As vezes me sinto sozinho...

   Sozinho. É assim que as vezes me sinto. Todos vem com a mesma estória sempre: você tem tudo, não tem o direito de reclamar, tem amigos e tudo o que você quer. Mas será mesmo que o que eu quero é suficiente para me deixar feliz? Acho que sim. Cada pessoa tem que saber aproveitar a sua oportunidade, todos tem uma, e só é feliz quem sabe desfrutar corretamente delas, mas isso eu ainda não aprendi e estou praticamente apanhando para aprender. Levar a vida menos a sério e esquecer os problemas é apenas um caminho que todos nós temos que seguir, mas nada levado ao extremo. Porém uma mudança brusca é muito difícil, praticamente impossível, portanto devemos ir mudando aos poucos.
   Devemos estar sempre preparados para mudanças, como disse o autor do famoso livro Quem mexeu no meu queijo? Mas isso sem perder a nossa essência, nossa maneira de ser. Devemos mudar para melhor, mas devemos ser sempre a pessoa que somos só que ''melhorada''. Todo mundo é diferente, qual seria a graça se fossemos iguais? Eu não curtiria. Portanto ao mudarmos nunca devemos nos espelhar demais em uma pessoa, mas sim aos nossos valores, não os da sociedade, devemos ter a nossa própria opinião formada. Devemos mudar a partir de nossa vontade, não por causa de outras pessoas. Após uma reflexão de que deveremos mudar nossa vida, o mais apropriado é colocar tudo em um papel: o que poderemos mudar para sermos melhores? Depois disso basta mudar, mas mudando aos poucos e nunca voltar ao que eramos antes, para de certa maneira não perder a nossa credibilidade. É difícil, mas aos poucos conseguimos nos adaptar as mudanças.
   Eu sei disso tudo, agora só basta mudar, as vezes me sinto isolado pelo meu jeito de ser, pois sou muito sério e concentrado nas coisas que faço e não sou muito brincalhão, mas tenho que parar de levar a vida muito a sério sem deixar de ser quem eu sou, só assim vou poder melhorar e curtir melhor a minha vida.

Caíque Fortunato

Copyright 2011 © - MyFreeCopyright. Todos os direitos reservados.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

12 comentários:

  1. Olá Caíque ^.^
    Esse texto veio em boa hora não? hahaha.. As vezes eu me acho brincalhona demais.. e acho que isso prejudica um pouco.. Mais vendo que ninguém se importa muito com o meu jeito.. Tantos meus amigos e os leitores.. que graças to parando com essa paranóia.. E também muitaas vezes me sinto sozinha.. mais acho que é nesse momento de solidão que nos encontramos.. que podemos bater aquele papo com nós mesmo.. e descobrimos o que realmente somos.. É mais que uma parada.. para ver se estamos aproveitando realmente a vida.. E é nesse momento que prestamos mais atenção em nós.. Então calma.. serio depois do que passei essa semana posso dizeer.. que aproveitar a vida.. é a melhor coisa.. E mais.. se você é assim.. todo reservado.. e talzs.. é o seu jeitoo.. Assim como o meu é ser brincalhona demais.. kkk'.. Então pensando positivo?? Não liga ;D
    E curta o maximo que você puder da vida!!

    Beijoos!!

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto e compreendo um pouco você. As pessoas tem que compreender que nem todo mundo é igual e que ninguém deve ficar sozinho.

    Mas não se preocupe em ficar sozinho isso é só impressão, pois quando você vê tem sempre alguém ao seu lado lhe dando força e pode crer que essa pessoa é a que menos você pode imagina.

    Beijos e sorte!

    =)

    ResponderExcluir
  3. Olá Caíque

    É de verdadeiras palavras que a natureza humana se nutri no seu dia a dia com o leitura. Parabéns por seu texto e nada melhor do que refletir.


    Atenciosamente,
    R.S.Merces

    ResponderExcluir
  4. Oi Caíque, gostei bastante do texto.. e talvez tenha lido numa hora ruim que se tornou boa. Obrigada!
    Sucesso aqui no blog sempre, beijos!

    ResponderExcluir
  5. Caíque, amei seu post.
    As vezes vemos tantas coisas repetidas nos blogs que quando rola uma coisa pessoal temos que valorizar.
    Querido, sabe que as vezes me sinto assim também. Tenho uma mudanças de humor drásticas assim, mas geralmente as escolhas que eu faço vem com um caminhão de dúvidas nas costas. Hoje tenho 24 anos, me formei em Audiovisual e no dia da minha formatura eu tava toda perdida, achando que não era aquilo e tals. Enfim, acho que sempre vamos ter dúvidas, mas elas tem que ser leves, pra gente levar a vida mais tranquila e feliz né.

    Um beijo querido

    Tela
    penseiraliteraria

    ResponderExcluir
  6. Oi Caíque!
    Acho que as vezes é inevitável nos sentirmos sozinhos. Eu me sinto também, mesmo sabendo que realmente não tenho motivos para reclamar e que existem muitas pessoas ao meu redor.
    O preocupante é ficar nesse estado muito tempo, acho que faz mal à saúde de qualquer um!
    Adorei seu texto :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Que lindo o texto, de verdade.
    E solidão é um sentimento universal, um dia todo mundo acaba se sentindo assim.
    O único jeito de sair disso, é ver que tem um mundo incrível ao seu redor, com pessoas que te adoram. :)

    Um beijo,
    Luara - @luuara
    http://estantevertical.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Acho que todos nós um dia vamos nos sentir sozinhos. Eu mesma muitas vezes me sinto assim. As vezes paro para pensar e vejo o quão egoísta sou por me sentir assim, sentido que tenho pessoas maravilhosas ao meu lado que me amam e me querem bem. :)
    Ótimo texto Caíque.
    Beijão
    http://manialiteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Caíque,
    Gostei bastante do seu texto e claro, me identifiquei bastante com certas partes... Mas uma verdade é: Quem nunca se sente sozinho as vezes?! Por mais que tenhamos o necessário sempre falta alguma coisa. E talvez isso seja bom, pois é isso que nos motiva a acordar todas as manhas e lutar por nossos desejos. E outra se conseguíssemos tudo muito facilmente não iriamos dar tanto valor, mas ao lutar por alguma coisa percebemos o quando ela é importante para nos a apreciamos mais e mais isso.
    E quando eu penso que estou sozinho sabe o que eu faço?! Tento pensar nas pessoas que eu amo e que sei que me amam, e depois de um tempo passo a não mais me sentir sozinho, mas me sentir egoísta por as vezes não valorizar essas pessoas que estão ao meu lado sempre e que eu, como humano que sou, cometo as vezes o erro de esquecer disso...
    Abraço! (:

    ResponderExcluir
  10. Todo mundo já se sentiu sozinho na vida... aquele velho sentimento de estar rodeado por várias pessoas mas mesmo assim sentir um vazio e uma solidão e não ter alguém pra conversar, mas sempre tem alguém que tá pensando na gente, no nosso melhor e que nunca vai desistir de nós.

    ResponderExcluir
  11. Opa,boa tarde,Olha eu aqui denovo,blog muito bom,sempre que dá passo por aqui,continua postando ai,quero ver isso aqui cada vez melhor,alguem ai sabe desse site http://www.rastreadorgps.org/ ? to querendo saber se é bom,dizem que rastrea carro,moto,pessoas até...alguem ja ouvir falar?abraços,bom trabalho ai com o blog que ta fera!

    ResponderExcluir
  12. Quando me sinto so, jogo jogos online com outras pessoas pois assim consigo expressar o que sinto passando o sou para um boneco criado para divertir crianças de 7 á 12... Me sinto envergonhado de dizer isto mas precisava desabafa. :'(

    ResponderExcluir