23 fevereiro, 2012

Resenha: A Estrada da Noite de Joe Hill

Estrada da noite, A
   Esse é o primeiro livro de terror que leio, o de estreia do famoso autor Joe Hill que conseguiu um grande feito com essa obra: foi considerado o novo mestre do suspense e do terror.

   A história consiste na vida de Jude, um roqueiro que já fez muito sucesso com o rock pesado quando cantava com sua banda, mas após a morte de alguns integrantes parou de cantar. Agora com sua faixa de 50 anos ele vive com sua namorada Geórgia e seu assistente Danny. Jude gosta de colecionar coisas macabras como um crânio humano, laços usados em forcas, livros de receitas para canibais e até uma confissão assinada de uma bruxa. Após ser informado por Danny de um leilão em um site de compras na internet de um paletó que carregava o fantasma de um morto não se conteve e deu o lance mais alto. O paletó do morto chega dias mais tarde na casa do roqueiro dentro de uma caixa preta em forma de coração, esse objeto assusta os cães, que Jude tanto gosta, e até ele próprio quando vê sua namorada vestida com a peça de roupa. Ao mexer na caixa, Geórgia é espetada por um alfinete o que deixa as coisas mais estranhas. Desconfiado, Jude guarda a caixa com o paletó, em um lugar fora de suas vistas.

   Tempos mais tarde, Jude começa ver o fantasma vestido com o paletó por toda a parte da casa e fica aterrorizado, ele disse que queria se vingar do roqueiro. Jude podia ouvir o fantasma por toda a parte, através de rádio, e-mail e televisão, e sempre ouvia ele falar que Jude iria morrer, mas que mantes mataria Georgia. As coisas começam a ficar mais sérias quando o fantasma induz o suicídio de Danny. O fantasma era o Craddock McDermott, padastro da ex namorada de Jude, Anna, que após ser mandada em bora para dar um tempo no relacionamento se suicidou. Craddock sempre responsabilizou Jude por isso, e agora estava aterrorizando-o para pagar as contas, dizia que ele e todas as pessoas que tentassem ajuda-lo iriam morrer. O fantasma tinha uma certa vantagem por que quando vivo, era um ótimo especialista em hipnotização e as sugestões de suicídio e homicídio se infiltravam bem na cabeça de suas vítimas, como estava tentando fazer com o casal.

   Ao ponto de quase matar Geórgia, o casal decide que precisam fugir o quanto antes, não poderiam ficar na casa, isso diminuiria as chances e o tempo de vida deles. Na estrada eles resolvem ir até a casa da vendedora do paletó que após uma ligação Jude descobriu que o leilão foi uma farsa, todos os lances foram sido dados por ela, que era a irmã de Anna. Para a melhor segurança eles decidem levar os cachorros que o fantasma tinha medo, porque os animais eram a única coisa que podiam afrontá-lo.

   Mas nada que Jude e Georgia faziam parecia se livrar de Craddock, onde saiam estavam sendo seguidos pelo fantasma, parecia que estavam vivendo um pesadelo e não conseguiam despertar. Mais cedo ou mais tarde os mortos nos alcançam...

   Não tenho muito mais coisa para falar desse livro, é muito bom. A todo momento estamos cercados de suspense e de terror que as vezes chega a ser perturbador. O autor usa temas e problemas da nossa sociedade atual como o abuso infantil e de que as pessoas são capazes para esconder verdades que deixam marcas no passado de quem viveu e passou por problemas. A narrativa é viciante e muito bem escrita, os personagens foram muito bem planejados e descritos durante toda a narrativa. E para solucionar o caso o autor não esqueceu de ninguém que participou da estória. Achei incrível o trabalho de Joe Hill, não foi um dos melhores livros que já li, mas chegou muito perto de ser um.


  Sobre a diagramação da Arqueiro? Ficou muito legal e bem bolada, lembram da caixa em forma de coração com o paletó que Jude recebeu? Então, veja o resultado:

"O e-mail era de craddockm@box.closet.net.
Jude abriu o e-mail e começou a ler.
Caro Jude
vamos viajar ao cair da noite vamos viajar para o buraco eu estou morto você vai morrer qualquer um que chegue perto demais ficará infectado com a morte que há em você em nós estamos infectados os dois estaremos juntos no buraco da morte e a terra do túmulo cairá em cima de nós lá-lá-lá o morto ganha do vivo se tentarem ajudar você eu nós os puxamos para baixo e pisamos neles e ninguém sobe porque o buraco é fundo demais e a terra cai depressa demais e todo mundo que escuta sua voz vai saver que é verdade que jude está morto e eu estou morto e você vai morrer você vai ouvir minha nossa voz e vamos viajar juntos na estrada da noite para o lugar final onde o vento geme por você por nós vamos caminhar para a beira do buraco vamos cair lá dentro um segurando o outro vamos cair cantar por nós cantar em nosso em seu túmulo cantar lá-lá-lá'' 

-----------------------------------

Título: A Estrada da Noite (Heart-Shaped Box)
Autor: Joe Hill
Páginas: 254
Editora: Arqueiro
Lançamento: 2007
Nota:  (4 de 5)


Caíque Fortunato - Skoob / Twitter / Facebook
Copyright 2012© - MyFreeCopyright. Todos os direitos reservados.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

9 comentários:

  1. Nossa! O.O 

    Com medo desse livro. 
    Será que eu tenho coragem? 
    Adorei o livro, a resenha, mas o que me falta é coragem.

    Beijos! 

    ResponderExcluir
  2. Já li este livro! É muito bom. Tenho a mesma opinião que você: não chegou a ser o melhor livro que li, mas por pouco. Os temas abordados pelo livro são bem interessantes. No início achei este livro bem sinistro, mas depois me acostumei e gostei da leitura. Ler ouvindo as músicas citadas parece tornar o livro melhor ainda. Gosto de alguns rock's antigos, então a leitura ficou bem agradável.
    Ótima resenha. Acho que você captou todos, ou quase todos, os detalhes. Prabéns!

    Mateus Noremberg - Livros Preciosos

    ResponderExcluir
  3. Eu estava louca para ler o livro, mas agora fiquei meio assim. Sua resenha ficou ótima e tudo mais, mas fiquei com medo só de lê-la, imagina lendo o livro! hahah
    Sou muito medrosa, mas alguma coisa me atraiu nesse livro, e eu nem gosto de terror...
    Parabéns pela resenha!

    BeijossThaís - Berchim e etc

    ResponderExcluir
  4. Oi Caíque!! Então,eu li esse livro a um tempo já, mas não apaixonei tanto...
    Achei a história muito, hmm, Mick Jagger, rs rs. Só ele que dá azar.. Mas confesso que a trama atrai, pois, se trata de um roqueiro das antigas, super descolado que gosta de menininhas novinhas, e as novinhas amam ele. É um livro bem montado, mas em algumas partes, você vê (eu pelo menos), que o enredo não te agrada tanto.. 
    Pena o livro não ter orelha, rs.

    Gostei da resenha, é sempre bom ver como cada livro deixa uma impressão diferente as pessoas! 

    Beijos, boas leituras, até mais!
    http://enfimdeasasabertas.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia este livro, a estória parece sem bem interessante, gostei muito da sua resenha, direta e objetiva. parabéns.
    Beijokas enormes
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela resenha Caíque! Já li A Estrada da Noite e curti bastante. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Nunca li nada do autor, mas já vi esse livro no Submarino várias vezes. Nossa, que história macabra, hein! o.O Nunca li nada de terror também, mas curto bastante suspense, ainda quero dar uma chance ao autor. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. contatoeumaislivros2 de agosto de 2012 20:48

    Nossa! Que legal, hein Caíque!
    Nunca li nada de terror também, talvez de suspense, mas nunca de terror. E acho esse poderia ser meu livro de estréia, além do livro parecer ótimo, a capa é bem trabalhada.
    Enfim, gostei! Ótima resenha! =D

    Abraços!

    Rafa-@EuMaisLivros
    http://blogeumaislivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Minha vontade de ler Joe Hill, este livro, em especial, se dá ao fato do parentesco do autor, né... 
    Fiquei sabendo que este livro será adaptado para o cinema, quero só ver se vão agradar!
    Abraço, Caíque!

    ResponderExcluir