29 setembro, 2012

Cidade das Cinzas [Resenha] - Livro 2


Cidade das Cinzas/ Cassandra Clare ; Editora: Galera Record, 2011. 
 Ficção ; ISBN: 9788501087157 
 406 páginas - Skoob 

Cuidado! Contem spoilers de Cidade dos Ossos! 


   Cidade das Cinzas é o segundo livro da série Os Instrumentos Mortais. E começa há alguns dias após o final de Cidade dos Ossos. Valentim já tem um Instrumento Mortal, o Cálice, e sua recente descoberta que Jace é seu filho faz com que Maryse Lightwood, sua mãe adotiva, pensar que Jace é um espião de Valentim infiltrado. Jace é expulso do Instituto.
   Clary ainda está tentando acordar sua mãe, Jocelyn e resolveu dar uma chance para Simon, seu melhor amigo e agora, namorado. Quando descobre que seu irmão, Jace foi expulso do Instituto, convence Jace e Luke a conversarem Maryse a aceitar Jace de volta.
   Após uma curta conversa, Jace consegue voltar a morar lá. Mas Maryse ainda desconfiada pede a ajuda à Clave, que manda a Inquisitora, uma mulher muito amargurada que tem certeza que Jace é culpado. Jace aceita passar pelo teste de Espada, onde um Caçador das Sombras não pode mentir, mas por enquanto ela manda Jace ficar em uma espécie de prisão na Cidade do Silêncio.
   Mas roubo da Espada e a morte dos Irmãos do silêncio, por meio de Valentim, fazem as suspeitas se intensificarem em cima de Jace. E algumas mortes de crianças do submundo deixa o clima bem tenso. Ganhei Cidade de Cinzas como presente de aniversário, e posso dizer com toda certeza que ele é tão bom quanto o primeiro livro da série.
Jace e Clary seguem em mais uma aventura contra o seu temido pai, Valentim, o que faz que seus sentimentos um pelo outro fiquem mais confusos, afinal os dois são irmãos.
   O livro ainda tem várias partes de lutas contra demônios e além de várias cenas hilárias, dei diversas gargalhadas com as piadinhas de Jace e Magnus, até o Alec ficou mais interessante.
   Nesse livro conhecemos o resto da família Lightwood, com o Max, irmão de Isabelle e Alec, como seus pais, Maryse e Robert Lightwood. Particularmente, eu estava super curiosa para saber como era o resto da família, já que eles só são mencionados em Cidade dos Ossos.
   E Simon, sempre ali apoiando Clary, fica morrendo de ciúmes de Jace, mas acontece uma coisa com ele, que me deixou super triste, não tenho ideia de como ele vai conseguir viver com isso.
   Enquanto o primeiro livro, era narrado inteiramente por Clary, Cidade das Cinzas mostra os pontos de vista, além de Clary, mas Jace, Simon, Alec e Maia, uma licantrope do bando de Luke, também.
   Só uma coisinha que ainda continua me incomodando é a diagramação, continua com as páginas apagas e alguns sinas de acentuação também. E não tenho como troca-lo porque ele foi comprado numa viajem da minha mãe para Fortaleza e eu moro em Maceió. Então, fazer o que, né!
   Gostei muito desse livro, superou as minhas expectativas e já estou ansiosa para Cidade de Vidro.

Série Os Instrumentos Mortais:
2. Cidade das Cinzas (2011);
4. Cidade dos Anjos Caídos (2012);
5. City of Lost Souls ( Sem previsão de lançamento);
6. City of Heavenly Fire ( Sem previsão de lançamento).

 Notas: Capa: 5/5 - Narrativa 5/5 - Estória 5/5 - Diagramação: 3/5 - Nota geral: 4/5



Blog EPL - Copyright 2012© - MyFreeCopyright. Todos os direitos reservados.

Sobre a autora da resenha:
Meu nome é Stéphanie Munford, tenho 18 , moro em Maceió, Alagoas e vou começar a fazer Química na UFAL. Adoro assistir The Vampire Diaries e Glee e amo ler livros, principalmente os de romance. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Gostei da resenha! me deixou com vontade de ler o livro hahaha li Cidade dos Ossos e confesso que não gostei mto, tenho aqui cidade das cinzas mas não estava animada para ler, então ele tava ali parado na estante.
    Eu gosto do Alec... e gostei de saber q ele estará um pouco mais divertido nesse ^^
    Jace é uma graça!!!!
    Bjs e parabéns pela resenha!
    Daiane
    nouniversodaliteratura.blogspot.conm.br

    ResponderExcluir