09 setembro, 2012

Cuco de Julia Crouch - Resenha

   Cuco é o mais recente thriller lançado pela editora Novo Conceito. Em sua primeira obra, a autora americana Julia Crouch prende a nossa atenção da primeira até a última pagina. Porém comete pequenos deslizes no excesso de cenas repetidas em algumas partes, mas nada que implica muito na narrativa.

''— Não. Você fique onde está. Eu e os meninos estamos voltando. Vamos cair fora daqui — respondeu Polly.
— Bem, então vocês devem vir e ficar aqui — rebateu Rose, olhando diretamente para Gareth. — E permanecer o tempo que quiserem.
   Gareth afastou-se para encher mais um cálice de vinho para si, dando as costas para Rose. Mas o que ele poderá dizer? Rose pensou. Ele simplesmente terá de aceitar.'' - Trecho do livro
Cuco
Cuco / Julie Crouch ; Tradução Tiago Novaes ; Editora Novo Conceito, 2012.
Ficção - Thriller ; ISBN: 978-85-8163-022-9
461 páginas - Skoob

   O seu primeiro erro foi convidá-la a entrar....
   Após um mês de mudar para sua nova casa nas colinas de Wiltshire, Rose e seu marido Gareth haviam acabado de acender uma vela e abrir uma garrafa de vinho na mesa da cozinha quando o telefone tocou. Era Polly, a mais antiga e melhor amiga de Rose anunciando a morte de seu marido Christos. Polly estava morando na Grécia e após alguns conflitos com a família de Christos depois do ocorrido, decidira sair de lá com os seus dois filhos. 
   Não veio outra alternativa na mente de Rose a não ser convidar sua melhor amiga para morar na edícula de sua casa até esfriar a mente e decidir o local onde ela iria se hospedar definitivamente. Ela aceita de imediato, porém Gareth não aprova a ideia por nunca ter gostado da amiga de sua esposa. Segundo ele, Polly lhe causava arrepios.  'Mas o que ele poderá dizer? Rose pensou. Ele simplesmente terá de aceitar.''
   Rose arrumou o local onde a amiga iria se hospedar e foi até o aeroporto recebe-la depois da longa viagem. Polly estava acabada, muito magra e frágil. Rose foi muito atenciosa e amorosa com ela, assim como Gareth que apesar de tudo trocara algumas palavras com ela, porém a garota estava muito calada de início e quieta no seu canto. Afinal, ela tinha acabado de perder seu marido.
   Mas ao longo do tempo, coisas estranhas começaram a acontecer. A filha recém nascida de Rose injetou acidentalmente fortes comprimidos enquanto estava sobre os cuidados de Polly. Em estado crítico, a bebê foi encaminhada ao hospital sempre acompanhada da mãe que estava muito preocupada e com raiva da amiga, porém Polly afirmara que aquilo foi um acidente, que sentia muito e acabou sendo perdoada.
   O maior problema foi que, no tempo que estava no hospital, sua amiga e seu marido começaram a se aproximar cada vez mais, tornando cúmplices um do outro, toda a raiva que Gareth sentia pela garota acabara e Polly começava lentamente tomar o lugar de Rose.
   Outros fatos vão acontecendo e Rose percebe que sua amiga está roubando o seu ninho, resta-lhe agora tentar salvar ela mesma e suas filhas que tanto ama. Será que ela vai conseguir com seu marido e sua amiga dizendo que ela está ficando louca e fazendo de tudo para Rose literalmente sumir do mapa? Só lendo esse thriller para saber.
   Um pouco sombrio e perturbador e narrado em terceira pessoa, a autora nos faz ficar inquietos enquanto não terminamos de ler a obra para saber o desenrolar da narrativa. Até qual ponto devemos ajudar um amigo que não possui o mesmo sangue que o nosso? Qual o limite de confiança em uma pessoa? Esses são alguns dos temas debatidos em Cuco.
   Os personagens foram muito bem construídos pela autora, de modo que podemos ter raiva de alguns e gostar muito de outros. Por mais que a autora tenha, no meu ponto de vista, repetido muitas cenas que seriam desnecessárias a narrativa continuou muito boa de ser lida. O final não é surpreendente, mas também não é previsível, gostei do desfecho, mas poderia ter sido melhor, o mais legal foi que me pareceu com desfechos de filmes de terror. 
   No mais vale a pena ler o livro, ainda mais se você procura thrillers e gosta de suspense mesclado com romance, nesse caso é um investimento que vale ser feito.

Notas:
Capa: 5/5 - Narrativa 4/5 - Estória 4/5 - Diagramação: 4/5 - Custo/Benefício: 5/5 - Nota geral: 4/5

A autora:
Após graduar-se na Universidade de Bristol, Julia Crouch passou dez anos criando, dirigindo e escrevendo para o teatro. Ela é web designer e ilustradora, e produziu três livros ilustrados para crianças e muitas histórias para adultos. Mora em Brighton com seu marido, o ator Tim Crouch, e seus três filhos. Cuco é seu primeiro romance.
Onde comprar:
Saraiva.com.br Siciliano PontoFrio.com Extra.com.br

Blog EPL - Copyright 2012© - MyFreeCopyright. Todos os direitos reservados.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

6 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAdorei!!!
    Só a resenha já me tirou o fôlego. Fico imaginando a hora que eu ler este livro.
    Nunca, nunca vou colocar ninguém pra ficar na minha casa, nem por uns dias, rsrsrs
    Que medo!!
    Agora quero tanto saber como acaba. Ai pq você disse que acaba como um filme de terror??? Agora estou com siricuticos, rsrs

    Bjkas


    Alessandra Tapias
    http://www.topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Essa resenha me deixou com mais vontade ainda de ler esse livro. Adoro obras nesse segmento e ameii demais Viva Para contar! Tenho certeza que irei amar esse.

    Bom começo de semana!
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  3. Oi,

    já li esse livro e também gostei! Realmente a autora poderia ter sido mais objetiva e eliminado algumas cenas, mas no final o livro foi bom. Também tive essa impressão de que o final pareceu final de filme de terror e acho que esse livro daria um ótimo filme, não?

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Zeus! Eu não quero lê esse livro. Vixe! Que coisa estranha a mulher pega a vida da outra. Eu em... Adorei a sua resenha, mas passo o livro adiante.

    ResponderExcluir
  5. ADoro thrillers policiasi, eu aho que já disse isso aqui antes, e esse livro parece ser muito bom, as resenhas que eu li sobre ele até agora foram bem positivas, mas que diabos de nome é esse?
    Deculpa ter sumido por tanto tempo Caíque, minha net ficou fora do ar por quase 1 mês e eu não pude postar nada no meu blog e nem vir comentar nos blogs parceiros. Mas agora tudo já voltou ao normal.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Ei, Ca.
    Amei sua resenha! Tenho certeza que ficaria abalado e perturbado ao ver a amiga roubando a família dela! Nossa, é revoltante só de imaginar! haha

    Quero muito ler! :3
    Abraços

    Adriano
    GeraçãoLeitura.com

    ResponderExcluir