29 julho, 2014

[Adaptações] A Última Música


Hoje vou começar com uma coisa nova no blog, sobre adaptações, aqui vou tentar abordar uns pontos polêmicos, o que foi bom, o que não foi. Pra começar irei falar sobre a obra do Nicholas Sparks... Difícil comentar sobre ele, talvez por ser meu escritor favorito e ter várias obras adaptadas rs, escolhi o título A Última Música.

A história é sobre Verônica Miller, ou Ronnie, uma garota que sofre com a separação dos pais e culpa seu pai (Steve) pelo mesmo, depois que isso ocorre, Ronnie começa a mudar seu jeito, a ser uma adolescente “rebelde”, comete alguns furtos e no último acaba sendo pega. Ronnie e seu pai tocavam e compunham músicas juntos no piano, quando tudo aconteceu, Ronnie parou de tocar e rejeitou sua vaga na famosa faculdade Juilliard, decidindo que nunca mais tocaria. Sua mãe a obriga a passar as férias de verão com seu pai e seu irmão Jonah, contrariada ela vai, mas faz o possível para ficar menos tempo possível com seu pai, já Jonah era amoroso com ele, começou a ajuda-lo a construir o vitral da igreja que pegou fogo misteriosamente. Ronnie conhece Will, derruba bebida em sua blusa. O pai de Ronnie mora em frente à praia, eles descobrem ali um ninho de tartaruga marinha, Ronnie se empenha para tentar cuidar e proteger os ovos de predadores. Liga paga o aquário local e eles avisam que vão mandar alguém para sinalizar o ninho, como ninguém chega, Ronnie dorme, ou tenta dormir, ao lado do ninho, tentando afastar qualquer possível predador, no dia seguinte, bem cedo, chega Will e a acorda, diz que é voluntário do aquário e que está ali para marcar o ninho e se surpreende ao saber que ela dormiu ali para proteger o ninho. Ao longo dos dias Ronnie e Will vão se apaixonando, Ronnie começa a mudar seu jeito, aos poucos vai se reaproximando de seu pai, vendo que ele não era o mostro que pensava que fosse. Blaze (uma amiga que conheceu) pensa que Ronnie quer roubar seu namorado e arma contra ela. Em meio a tudo isso, Ronnie descobre que seu pai tem câncer e que já está em um estágio irreversível, desolada ela não sabe o que fazer, pensa em tudo o que fez com seu pai, em como deixou de falar com ele durante três anos, resolve recompensar o tempo perdido morando com seu pai, para ajuda-lo nessa hora que ele mais precisa. Ela Volta a tocar, e continua a música que seu pai estava compondo durante o verão e toca para ele. Seu pai morre, ela volta a morar com sua mãe, volta diferente, aceita a vaga em Juilliard e Will consegue uma vaga em uma faculdade perto dela.

Ok. Tentei resumir a história... rsrs
No livro, Nicholas Sparks (como sempre genial), aborda assuntos importantes e vividos por muita gente, a separação, a dificuldade dos filhos em aceitar isso. Nicholas, no livro, narra a versão de cada pessoa, com isso conseguimos viver cada personagem, enxergar o que cada um está sentindo, mostrando detalhes de cada acontecimento. O livro, como sempre, é mais completo, possui um história digamos diferente, eu primeiro assisti ao filme e depois fui ler o livro, notei o quanto a adaptação cortou ou alterou partes, como:
·         O incêndio

-Livro - O pai de Ronnie está construindo um Vitral para a igreja, porque cresceu ali, com o pastor como seu melhor amigo, então seu sonho é estar com aquele lugar perfeito e que possa tocar piano. Will esconde de todos que seu amigo Scott foi o causador do incêndio, só que quem foi o real causador foi Marcus.

-Filme - O pai de Ronnie é acusado de botar fogo na igreja, então decide construir o Vitral, já que cresceu naquele lugar, não queria destruir. Will implora pra Scott dizer a verdade e eles contam para o pai de Ronnie, que encobre tudo e pede para que não conte a ninguém e nisso fica a história do incêndio.


·         Steve (pai de Ronnie)

-Livro - No livro, Steve é calmo, sereno, não rebate nada com a filha.

-Filme - No filme, Steve é calmo, porém rebate com Ronnie.

·         Marcus

-Livro - Namorado de Blaze, faz malabarismo com bolas de fogo, se interessa por Ronnie, que não dá a mínima pra ele e quando vê que ela está com Will (quem odeia), se irrita, começa a perturba-la. É o causador do incêndio.

-Filme - Namorado de Balze, faz malabarismo com bolas de fogo, dá em cima de Ronnie sem sucesso.
·         Blaze

-Livro - Blaze era uma amiga antiga de Will, que sofre com as inconstantes relações amorosas de sua mãe, acaba mudando seu jeito de ser, conhece Marcus e faz tudo que ele manda, mesmo sendo maltratada por ele. Quando acha que Ronnie deu em cima de Marcus, arma para que ela seja apega roubando (e consegue). No final do filme, Blaze sofre um acidente com as bolas de fogo de Marcus, Will larga tudo e corre para salva-la junto com Ronnie. Depois de tudo isso, Blaze vê quem é o verdadeiro Marcus, e resolve voltar a morar com sua mãe, assume a polícia que armou tudo contra Ronnie e à ajuda com seu pai.

-Filme - Blaze era uma garota que Ronnie conheceu, namorada de Marcus e que era maltratada pelo mesmo. Armou para Ronnie fosse pega roubando (o filme não entra em detalhes sobre sua vida).




O filme é estrelado por Miley Cyrus e um fato muito importante nesse filme é que foi o próprio Nicholas Sparks quem escreveu o roteiro, ou seja, ele mesmo produziu essa adaptação diferente, concluiu antes mesmo de terminar o livro.
Mesmo com toda essa mudança, o diretor conseguiu deixar a história linda e comovente, tirando todo o senso crítico, o filme está realmente bom, lógico que o livro sempre vai ser melhor, porém assista capitando toda a mensagem que o filme quer te passar. Não é só uma história de amor, mas uma história entre pai e filha, entre família, vai valer a pena assisti-lo.



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário