28 setembro, 2014

O Doador de Memórias - The Giver




Imagine viver em um mundo sem diferenças? Sem sentimentos? Sem lembranças?

O filme O Doador de Memórias (The Giver) conta a história de Jonas, um jovem de 16 anos que vivia em uma comunidade perfeita, sem guerras, tristezas, doenças e nem desigualdades. Foi selecionado para ser o novo receptor de memórias, onde sua tarefa era guardar as memórias dos seus ancestrais, memórias de famílias, de músicas, de sentimentos. Foi quando Jonas percebeu que tinha algo errado e que na verdade viviam em uma falsa realidade.


O ideal do filme é passar uma mensagem, do mundo perfeito, assim como em vários outros filmes hoje existentes. Imagine você não ter memórias, não ter sentimentos?

No começo do filme, podemos notar uma pequena semelhança com o filme Divergente, chega a ser um pouco monótono, porém é um filme pra ser assistido absorvendo suas mensagens.

Fiz uma pesquisa com algumas pessoas que assistiram e os comentário eram quase o mesmo:
-É um filme bom mas que esperava mais, o tema foi sensacional, porém foi mal elaborado. Tinha tudo pra ser um excelente filme. 

É exatamente isso, um filme que aborda um tema muito bom, sobre as nossas diferenças e as consequências de um mundo perfeito.


O filme foi uma adaptação do livro O Doador de Lois Lowry. Conta com grandes atores, entre eles Meryl Streep como Chefe Elder, Brenton Thwaites como Jonas, Katie Holmes como mãe de Jonas e Taylor Swift como Rosemary.



O filme não tem um vilão em si, são pessoas que seguem o padrão da sociedade e fica a pergunta: quanto vale o mundo perfeito? Vale seus sentimentos? Suas me memórias?

Apesar de todas as críticas negativas, podemos tirar grandes loções, como por exemplo as lembranças, são o nosso passado, são a base de nossos antepassados. Também podemos pensar sobre sentimentos, são eles que nos guiam, são as nossas certezas e incertezas que nos levam onde queremos, nos fazem ter sensações, sentir amor e isso não tem preço. Aprendemos também que ao ser livre, corremos o risco da guerra, da inveja e do ódio. São coisas a se pensar e analisar.



Eu aconselho a assistirem, vale a pena a mensagem.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. oi!!
    eu infelismente nao assisti o filme mas o trailer é espatacular haha!!
    segue o meu blog se gostar!!ja estou segundo o seu hehe!!
    http://mergulhado-em-historias.blogspot.com/

    ResponderExcluir